Instalação WordPress: Não foi possível gravar dados no arquivo wp-config.php [Solução | Ubuntu]

0
Fala aí galerinha!
Recentemente tive problemas de permissões na instalação do WordPress localmente utilizando o Xampp/Lampp no Ubuntu 23.10.


Se você está enfrentando esse mesmo problema, ele está relacionado a permissões incorretas na pasta raiz htdocs do site localizada em:

/opt/lampp/htdocs


Vamos aplicar a correção executando os seguintes comandos no seu terminal Linux:

cd /opt/lampp/htdocs
sudo chown -R www-data:www-data .
sudo find . -type f -exec chmod a+w {} \;
sudo find . -type d -exec chmod a+wx {} \;

No final do artigo eu explico detalhadamente o que faz cada comando caso você queira se aprofundar.

Agora, basta seguir a instalação novamente e avance:


Se tudo ocorreu bem, a imagem abaixo será aprensentada. Então, é sinal de que deu tudo certo.



No passo a seguir, basta preencher as informações para cadastrar o usuário da administação do WordPress.



Problema resolvido!


Explicando os comandos que utilizamos para resolver esse problema:

cd /opt/lampp/htdocs 

Este comando é usado para acessar o diretório htdocs

sudo chown -R www-data:www-data . 

Este comando muda o proprietário e o grupo do diretório e de seus conteúdos para "www-data". O -R significa que a operação será recursiva, ou seja, afetará todos os arquivos e subdiretórios dentro do diretório atual ("." representa o diretório atual).

sudo find . -type f -exec chmod a+w {} \; 

Este comando encontra todos os arquivos dentro do diretório atual e define permissões de escrita para todos os usuários (a+w). O -type f especifica que a busca deve ser apenas por arquivos regulares.

sudo find . -type d -exec chmod a+wx {} \;

Este comando encontra todos os diretórios dentro do diretório atual e define permissões de escrita e execução para todos os usuários (a+wx). O -type d especifica que a busca deve ser apenas por diretórios.

Em resumo, esses comandos são úteis para conceder permissões de escrita apropriadas para o usuário do servidor web (geralmente "www-data") em um diretório web no Linux. 
Isso é comum ao configurar um servidor web, como o Apache ou o Nginx, para garantir que os arquivos possam ser modificados e os scripts possam ser executados corretamente.

Até a próxima!


 

Tags

Postar um comentário

0Comentários
Postar um comentário (0)